Sábado, 6 de Dezembro de 2008

Já saíu o nº 6 da Revista "O Coleccionador"

                                   

       Já se encontra em distribuição o nº 6 , edição de Dezembro;  de " O Colecciondor", boletim do Núcleo Filatélico e Numismático do concelho de Mealhada.

 Este edição, totalmente a cores, publica algumas referências das actividades desenvolvidas por esta associação na divulgação das várias formas de coleccionismo. Publica ainda alguns trabalhos de divulgação do coleccionismo.

       Transcrevemos dois destestrabalhos publicados.

 

                           O escudo português

 

O escudo português foi reproduzido em trinta e nove tipos de moedas de vários valores com o cunho da “Republica Portuguesa”, isto é entre 1910 e 1999, tendo circulado até 2002.
            Depois de 90 anos de bons e leais serviços prestados à nação, o “escudo” passou a ser espécime numismática.
            Foi durante aquele período de tempo, o pano de fundo de uma maneira de ser português; um elemento de sabor da linguagem; uma maneira de medir a passagem das gerações pelo preço das coisas. A despedida de um componente deste povo; o adeus aquele autentico elemento de identificação; o que continua a ponte entre gerações e um eco da vida quotidiana e que foi a malha da nossa vida material, da dos pais e dos avós, é sempre um acto carregado de simbolismo. As primeiras moedas circularam em Outubro de 1912 mantendo-se até 1999, ano em que, Portugal se tornou membro fundador da União Europeia económica monetária. Foi nesse ano que desapareceu o escudo como unidade monetária portuguesa, muito embora as suas notas e moedas tivessem continuado em circulação até à transição do euro em 2002.
Luciano Ferreira
Coleccionar rótulos
dos hotéis e pensões
                      
            Uma colecção bem interessante é coleccionar rótulos dos hotéis e pensões.
            Esta colecção esteve exposta recentemente quando da comemoração do 82º aniversário dos Bombeiros Voluntários de Pampilhosa.
            Do plano desta colecção pode ler-se “ No sé. XX, era usual, Pensões e alguns restaurantes oferecerem aos seus hóspedes e clientes, rótulos que por norma, eram colados nas suas malas de viagem e serviam como veículo de publicidade, aos seus estabelecimentos.
Este tipo de publicidade (Rótulo), caiu em desuso, hoje existe outro tipo de publicitar os seus estabelecimentos, assim como parte destes rótulos são uma memórias de Hotéis, Pensões, que já não existem” .
 

 

publicado por Núcleo Filatélico às 17:53
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. Teclas, o filatelista de ...

. Postais da vila de Pampil...

. Comemoração dos 200 anos ...

. Mostra Filatélica de 16 a...

. Pré- filatélico da Mealha...

. O pão da Mealhada em selo...

. Selo Personalizado- A tod...

. O mundo dos dinossauros -...

. Assembleia Geral a 23 de ...

. 2ª Mostra Filatélica dos ...

.arquivos

. Julho 2013

. Abril 2011

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds