Sábado, 3 de Fevereiro de 2007

Assim nasceu a filatelia

Numa estalagem dos lagos escoceses, Rowland Hill,  sensibilizou-se pela atitude de uma pobre empregada, ao devolver tristemente a carta do seu namorado ao carteiro, alegando não ter dinheiro para pagar os portes.

Compadecido, Rowland Hill prontificou-se a pagar os portes desta carta. A empregada negou firmemente a aceitar e retirou-se chorosa.

Mais tarde  vem a saber que a dita carta apenas continha uma folha de  de papel em branco e que ao reconhecer a letra do seu namorado, este estaria de boa saúde e fiel ao seu amor.

Era assim nesse tempo. Quem recebia a correspondência é quem pagava os portes das mesmas. O estratagema da empregada  contada nesta história permitia-lhe a troca gratuita de mensagens. Aliás muitas pessoas da época usavam processos  semelhantes para trocar  correspondência, bastando para isso a colocação de um sinal exterior nas cartas, o que originava enormes prejuízos nos serviços dos correios da época.

Rowland Hill, considerado o " Pai da Filatelia" , com a sua diplomacia, vem propor à  coroa britânica mudanças significativas do sistema vigente baseado em dois principios: redução dos portes e estes pagos pelo remetente.

A ideia que hoje parece óbvia de quem envia uma carta tem de pagar os portes, não o era nessa época. Aceite esta proposta, são criadas as primeiras franquias com a efígie  da rainha Vitória. Na data histórica de 6 de maio de 1840 são postos à venda os primeiros selos ingleses e os primeiros do mundo. Tinha nascido a filatelia.

Três anos mais tarde ne Primavera de  1843 foi a vez do Cantão de Zurique de emitir dois selos. O Brasil foi o terceiro país do mundo a emitir  selos em Agosto de 1843 no tempo do Imperador D. Pedro ll . São conhecidos estes selos por "olho de boi" . Em Portugal os selos surgiram no reinado de D. Maria ll em 1 de Jilho de 1853, sendo 0 44º país a aderir ao novo sistema.

O selo postal criado para evitar a fraude no pagamento do transporte de correspondência, com o decorrer do tempo tem alimentado uma florescente e salutar actividade de coleccionismo.

Desde muito cedo as pessoas começaram por se interessar em reunir estes pedacinhos de papel colorido ordenando-os por paises e cronologicamente. É a chamada filatelia tradicional que nos primeiros anos foi a única forma de coleccionar.

Com o tempo as autoridades postais começaram a mostrar no motivo dos selos as imagens dos seus paises, da sua história, da sua fauna, flora,etc.. Tinha nascido a filatelia temática, pela qual o coleccionador começou a montar a sua colecção seguindo apenas um tema escolhido. Qualquer que seja o tema escolhido, o filatelista consegue  encontrar sempre nos motivos dos selos a documentação necessária ao desenvolver o tema pretendido.

Nos nossos dias há outras formas de montar uma colecção, cujas regras são aceites mundialmente.

A filatelia permite-nos um conhecimento mais profundo domundo em que vivemos. Ninguém se terá amargurado do tempo que dedicou a este passatempo. muitas são as amizades que se podem criar com as trocas filaélicas. Da filatelia vem também o gosto pelo saber. Ele porém resulta do labor de uma colecção.

Rui P. Carvalho

publicado por Núcleo Filatélico às 19:59
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. Teclas, o filatelista de ...

. Postais da vila de Pampil...

. Comemoração dos 200 anos ...

. Mostra Filatélica de 16 a...

. Pré- filatélico da Mealha...

. O pão da Mealhada em selo...

. Selo Personalizado- A tod...

. O mundo dos dinossauros -...

. Assembleia Geral a 23 de ...

. 2ª Mostra Filatélica dos ...

.arquivos

. Julho 2013

. Abril 2011

. Outubro 2010

. Julho 2010

. Abril 2010

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Novembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Junho 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds